terça-feira, 29 de novembro de 2011

O Veneno está na Mesa

O Veneno está na Mesa

A ASA em conjunto com todas as organizações do Brasil lança campanha contra os AGROTOXICOS e AFAVOR DA VIDA, impulsionado pelo Documentário: O Veneno está na Mesa. O CENTRO JUAZEIRO está preparando atividades nas comunidades para falar sobre essa campanha.


Este documentário lançado neste ano e dirigido pelo premiado cineasta brasileiro Silvio Tendler alerta sobre o uso indiscriminado de agrotóxicos na agricultura brasileira, que atualmente é a recordista mundial no uso desses agentes químicos fornecidos por empresas como BASF, Bayer, Dupont, Monsanto, entre outras. Muitos dos venenos produzidos por estas empresas foram banidos em vários países de todos os continentes, mas no Brasil continuam em uso, inclusive pelos pequenos agricultores, que são obrigados a usar sementes transgênicas e pesticidas para conseguir crédito junto aos bancos.


O filme de apenas 50 minutos faz parte da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida. Ele nos dá uma noção bem abrangente da gravidade do assunto, apontando os riscos ambientais e de saúde pública, além dos históricos interesses econômicos da iniciativa pública e privada neste setor.





Logo no início, o filme traz o alerta de que “desde 2008, o Brasil é o maior consumidor mundial de agrotóxicos”. Muitos desses herbicidas, fungicidas e pesticidas estão proibidos em quase todo o mundo, devido ao risco que representam à saúde humana e ambiental. O uso de agrotóxicos é parte do modelo do agronegócio e só quem lucra com isso são as transnacionais fabricantes dos venenos.



Em contraponto a esse modelo, são abordadas as possibilidades de produção sem a utilização de venenos. Como exemplos, estão pequenos agricultores que produzem alimentos saudáveis através da agroecologia. 

Fabrício Edino - Engº Agrônomo - CENTRO JUAZEIRO
Segundo Fabrício Edino do CENTRO JUAZEIRO traballhar a AGROECOLOGIA  é princípio básico da nossa equipe.



Um comentário:

  1. josé tomaz de almeida29 de novembro de 2011 04:19

    parabénspelo trabalho fabrício. vc entrou no PT, eu saí. coincidência ou não, não faz diferença. um abraço

    ResponderExcluir

Deixe aqui seus comentários!